O Projeto Ser+ é uma das Academias Gulbenkian do Conhecimento e tem como entidade responsável, a APsi-UMinho. Este projeto, vencedor das Academias em 2019, tem como principal objetivo dotar adolescentes de competências, permitindo que estes se desenvolvam numa trajetória de vida saudável. O projeto divide-se em três programas, dirigidos a jovens entre os 15-20 anos: “Desafio: Ser+” (7º-9ºanos); “Competência: Ser+” (10º-12º anos) e “Decisão: Ser+” (1º ano do ensino superior).

Os programas estruturam-se em várias sessões, realizadas em grupo, sendo implementados em escolas secundárias, universidades e comunidade (ex. câmaras municipais), presencialmente ou online.

O “Projeto Ser+”  pretende trabalhar com os jovens, ao longo das várias fases da adolescência (inicial, intermédia, e tardia), objetivos específicos para cada fase, promove o desenvolvimento positivo, identificando e otimizando os recursos pessoais dos jovens. Estes programas focam-se em três tópicos essenciais que se traduzem em competências específicas:

  • as emoções e as experiências positivas de vida;
  • as características individuais positivas (“forças”) e o envolvimento social;
  • as experiências ótimas de vida/flow, e o equilíbrio entre desafios e competências.

O programa contribui, assim, para a promoção de um conjunto de competências, como, autoconhecimento, adaptabilidade na interação com outros e os contextos, socialização, resiliência, pensamento crítico e criativo e resolução de problemas, entre outras, tendo em consideração as especificidades de cada faixa etária.

Fique atento a todas as novidades no Instagram e no Facebook do projeto.